Painel da Anvisa permite monitoramento de oxigênio medicinal

Notícias - 24, março, 2021
Fonte: Agência CNM de Notícias

Os gestores estaduais e municipais já podem acompanhar a produção, o consumo e a distribuição de oxigênio medicinal para evitar possível desabastecimento. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) disponibilizou um painel interativo com os dados fornecidos pelas empresas fabricantes, envasadoras e distribuidoras de oxigênio medicinal, nesta terça-feira, 23 de março.

O painel permite acompanhamento para, assim, conduzir ações preventivas, em médio e longo prazo. Verificou-se que eventuais dados de estoque zerados podem ocorrer devido à ausência de fornecimento de informações por parte das empresas ou por inexistência de empresas no Estado. Como no caso do Acre, onde não existem empresas produtoras, e os dados não constarão no painel.

As informações separadas por Estado estão disponibilizadas em duas telas para consulta. Uma traz os dados dos fabricantes de oxigênio e outra apresenta informações das envasadoras do produto. Os dados do estoque estão em verde e da venda em vermelho. Já, na lateral esquerda, é possível saber para onde os produtos foram enviados: instituições privadas, públicas ou distribuidoras.

A ferramenta foi viabilizada pelo Edital de Chamamento 5/2021 – publicado no último dia 12 – e os primeiros dados dizem respeito ao período compreendido entre os dias 13 e 17 de março. As informações do painel serão atualizadas todas as sextas-feiras, com a informação dos últimos sete dias. A Anvisa também publicou outras medidas para evitar o desabastecimento de medicamentos e dispositivos médicos para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Da Agência CNM de Notícias, com informações da Anvisa/ Gov.br