Ferramenta auxilia no cálculo do consumo energético nas edificações

Notícias - 7, abril, 2021
Fonte: Agência CNM de Notícias, com informações MDR

CECarbon – Calculadora de Consumo Energético e Emissões de Carbono na Construção Civil – é uma ferramenta on-line que permite calcular as emissões de gases de efeito estufa (GEE) e o consumo energético relacionados à construção de uma edificação, levando em consideração o ciclo de vida dos insumos da obra, desde a sua exploração até o momento do seu uso na fase construtiva.

A ferramenta foi desenvolvida por meio de uma parceria da Secretaria Nacional de Habitação, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), com a Agência Alemã de Cooperação Internacional – Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), no âmbito do projeto Eficiência Energética no Desenvolvimento Urbano Sustentável, Foco: Habitação Social (EEDUS), com o intuito de melhorar a eficiência energética (EE).

A área de Planejamento Territorial e Habitação da Confederação Nacional de Municípios (CNM) explica que a Cecarbon visa a contribuir com a gestão climática e energética da cadeia da construção civil, a partir da padronização de métricas premissas e da consolidação consistente de dados entre seu uso contínuo. Além disso, poderá permitir a criação de indicadores relevantes, possibilitar melhores escolhas para cidades e economia mais sustentável, eficiente e de baixo carbono, contribuindo para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.
O aumento da eficiência energética na produção habitacional federal traz benefícios diretos e indiretos de diferentes maneiras, contribui para o aprimoramento de iniciativas mais eficientes em edificações e para a formulação, gestão e implementação de políticas habitacionais. Vale destacar, que na publicação Habitação e Planejamento territorial: A importância da atualização das legislações urbanas para o desenvolvimento local, a entidade orienta os gestores da importância do tema.

A entidade acompanha os debates vinculados ao Ministério do Desenvolvimento Regional e Minas e Energia, por meio de programas e iniciativas relacionadas ao tema eficiência energética e edificações com o objetivo de fomentar a produção habitacional mais eficiente contribuindo na redução das emissões de gases de efeito estufa, fortalecendo uma política energética sustentável.

A área de Meio Ambiente da CNM destaca ainda que uma política energética que traz ferramentas para auxiliar na redução de emissão de gases do efeito estufa é um grande passo para se chegar a um desenvolvimento urbano sustentável. Diante das mudanças climáticas cujos impactos irão afetar diretamente os Municípios, o cálculo dessas emissões é instrumento importante para auxiliar os gestores na construção de políticas públicas. Inclusive podendo-se tornar uma iniciativa relacionada a um plano de ação climática que venha a ser desenvolvido.